sábado, 19 de novembro de 2016

O AVIVAMENTO VEM POR MEIO DOS MENSAGEIROS ESCOLHIDOS POR DEUS


Não havia falta de pregação no tempo de Jeremias. De fato, havia muitos profetas. E os profetas daqueles dias, como é o caso de alguns pregadores hoje, eram culpados de plágios grosseiros. Jr 23.30 diz: “Portanto, declara o Senhor, estou contra os profetas que roubam uns dos outros as minhas palavras”. O problema no tempo de Jeremias era que, se um profeta tinha uma boa previsão, outro ‘pegava carona’ em sua mensagem. Então, havia muita pregação; pregação em abundância. Mas, qual era o problema disso?

Deus nos dá a resposta no versículo 21: “não enviei esses profetas, mas eles foram correndo levar sua mensagem; não falei com eles, mas eles profetizaram”. Em outras palavras, Deus tem um problema com aqueles que se intitulam profetas. O versículo 32 continua: “sim, estou contra os que profetizam sonhos falsos”, declara o Senhor. “Eles os relatam e com as suas mentiras irresponsáveis desviam o meu povo. Eu não os enviei nem os autorizei; e eles não trazem benefício algum a este povo, declara o Senhor”. O profeta ou pregador não deve ser medido por sua eloquência ou encenação no púlpito. Alguns desses profetas eram pregadores muito entusiasmados; eles tinham todos os tipos de sonhos que eram capazes de descrever. Eles podiam realizam encenações simbólicas, atos com trombetas e tudo mais.

Havia, enfim, muitas coisas que poderiam fazer para chamar a atenção de seus ouvintes. Além disso, eles tinham uma mensagem extremamente popular: “Não tenham medo. Tudo vai ficar bem. Vocês são o povo escolhido de Deus. Nada pode acontecer ao Templo. Relaxem e conheçam a maravilha da bênção de Deus.” Eles eram falsos profetas que diziam: “Paz, paz” quando não havia paz. O principal problema em tudo isso era, é claro, que esses falsos profetas nunca foram enviados por Deus.

Edmund. P. Clowney, in: Firme Fundamento: A inerrante Palavra de Deus em um mundo errante. p. 150-151. Editado por Gabriel N. E. Fluhrer (Anno Domini).

Nenhum comentário: