sábado, 22 de outubro de 2016

O QUE É GLORIFICAR A DEUS?



Glorificar a Deus consiste de quatro atitudes: (a) Apreciação; (b) Adoração; (c) Afeição e (d) Sujeição. Elas são as nossas obrigações para com o reino dos céus.

(1) Apreciação: Glorificar a Deus é colocá-lo no lugar mais alto de nossos pensamentos e tê-lo em uma venerável estima: “tu, porém, Senhor, és o Altíssimo eternamente” (Sl 92.8), e “... tu és sobremodo elevado acima de todos os deuses” (Sl 97.9).

(2) Adoração: Glorificar a Deus consiste em adoração. “Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade” (Sl 29.2).

(3) Afeição: Esta é a parte da glória que oferecemos a Deus, que se considera glorificado quando é amado: “Amarás, pois, o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força” (Dt 6.5).

(4) Sujeição: A sujeição acontece quando nos dedicamos a Deus e nos apresentamos prontos para servir. Glorificamos a Deus quando somos devotados ao seu serviço, quando nossa mente estuda para servi-lo, nossa língua clama por seu serviço e nossas mãos assistem a seus filhos.

Um bom cristão é como o sol, que além de irradiar calor circula a terra. Assim, aquele que glorifica a Deus não tem somente suas afeições aquecidas com o amor a Deus, mas também realiza suas obras e se move com vigor na esfera da obediência.

IN: A Fé Cristã: Estudos baseados no Breve Catecismo de Westminster. Thomas Watson, p 22-24. (Cultura Cristã)

Nenhum comentário: