segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

A GRAÇA TRANSFORMA - Professor Pádua


"Eram 5 irmãos, quatro de uma mesma mãe. Os quatro detestavam o meio-irmão, filho da velhice, José, e que desfilava a preferência do pai. Para se livrar do rapaz, contrataram um matador de aluguel. O contratado mentiu e soltou o rapaz 200 km depois, mas recebeu o dinheiro como se tivesse feito o serviço combinado.

O pai de José chorou o resto da vida o filho tido como morto num assalto. O pai lamentava também não haver um corpo a sepultar. José trabalhou de tudo: faxineiro, segurança, padeiro, secretário. Acabou na casa de um homem muito rico, que se afeiçoou a ele, sobretudo pelas histórias que contava de sua terra e das orações que fazia, preces longas de quem realmente cria. José mudou de hábitos. Fez carreira e acabou diretor de uma das empresas do seu patrão e amigo. Contratava, despedia. Tinha que se vestir bem, por causa das responsabilidades.

A secretária anunciou que quatro homens o procuravam. Queriam uma audiência.
-- Estamos precisando, mas mando voltar?
José mandou que entrassem. Encaminhou-os ao Recursos Humanos. Foram aprovados. Só faltava, então, a entrevista final. No dia marcado, entraram.

Nenhum questionamento sobre suas habilidades e pretensões. José só fez perguntas sobre a família dos homens.
-- O pai de vocês ainda vive?
-- Está velhinho.
-- Quero conhecê-lo.
-- E as vagas?
-- Quero conhecê-lo.

Foram buscar o velho. Voltaram alguns dias depois. Tinha um jantar na sala de reuniões. O diretor chegou por último enquanto comiam. Aproximou-se do velho e sussurrou, baixinho:
-- Eu sou José.
E abraçou o ancião, que começou a chorar convulsivamente.
José saiu da sala.
Os irmão cercaram o pai. Pensaram em correr. O pai:
-- Agora, vocês vão ficar e pagar.
José voltou para a sala:
-- Hoje é um dia de festa. Louvado seja Deus que trouxe meu pai de volta e me permitiu ver de novo meus irmãos.
-- Perdão, meu irmão -- soluçou o mais velho.
-- Hoje eu entendo porque Deus me mandou para cá. A graça transtornou o mal em bem. E nesse tempo todo Deus me deixou com muita saudade, mas não me deixou sentir ódio. Em nenhum momento. Nós reunidos aqui é um milagre que eu vou agradecer o resto dos meus dias. Agora, vamos festejar.
(Ficção baseada na história real de José do Egito)

Nos abençoe!
a) Siga-nos no blog - http://professorpadua.blogspot.com.br/
b) Curta a nossa página - https://www.facebook.com/pages/Professor-Pádua/163391750483474
c) Nos ADD - https://www.facebook.com/professorpadua.ipb

Nenhum comentário: