domingo, 27 de julho de 2014

RAIVA - Prof. Pádua


Fiquei até de madrugada conversando com um jovem, vítima de um assassino em potencial. Meditem sobre isso.

"Não matarás." (Êxodo 20:13)
O sexto mandamento obviamente proíbe tirar outra vida humana sem motivo justificável. Podemos dizer: "Bem, nunca matei ninguém. Pelo menos esse mandamento posso dizer que nunca quebrei."

Mas no Sermão do Monte Jesus declarou: "Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não matarás’, e ‘quem matar estará sujeito a julgamento’. Mas eu lhes digo que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento. Também, qualquer que disser a seu irmão: ‘Racá’, será levado ao tribunal. E qualquer que disser: ‘Louco!’, corre o risco de ir para o fogo do inferno." (Mateus 5:21-22).

Assim, a raiva em nosso coração pode ser como matar alguém. De acordo com 1 João 3:15: "Quem odeia seu irmão é assassino, e vocês sabem que nenhum assassino tem vida eterna em si mesmo."

A palavra "ódio", usada por João significa "desprezar habitualmente." Ele não está falando de apenas uma emoção passageira, mas de um ódio profundamente arraigado.

Todos nós ficamos irritados e mesmo com ódio em alguns momentos. Mas a bíblia fala de ódio, aversão, ou desprezo por alguém. É permitir que a amargura para com outra pessoa se desenvolva por um longo período de tempo, a ponto de você ferver de raiva toda vez que vê essa pessoa ou escuta o seu nome.

Espalhando mentiras sobre alguém, caluniando ou matando seu caráter pode ser como assassinato. Se você ama a Deus, você vai amar o próximo. E se você ama o seu próximo, não vai fazer essas coisas contra ele.

Nos abençoe!
a) Siga-nos no blog - http://professorpadua.blogspot.com.br/
b) Curta a nossa página - https://www.facebook.com/pages/Professor-Pádua/163391750483474
c) Nos ADD - https://www.facebook.com/professorpadua.ipb

Nenhum comentário: