quinta-feira, 26 de junho de 2014

AQUIETAI-VOS - Patricia de Souza


"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã. Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra! Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo. Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio". (Salmos 46:1-11)

Acho lindo esse cântico. Foi escrito num momento muito difícil para Jerusalém onde Deus livrou seu povo do ataque dos assírios no tempo do rei Ezequias. Foi o próprio rei o autor deste salmo. Ele era um poeta. Perceba que este salmo é aplicável a qualquer tempo de tribulação para as nossas vidas.

Deus move meu amigo, céus e terra quando é invocado em teu socorro. Ele é a Tua Fortaleza significa solidez, segurança; Ele é o Teu Refúgio significa abrigo, uma rocha de refúgio. É isso que Deus estava dizendo para o povo, naquele tempo através de Ezequias: “quando o inimigo vier, eu serei o vosso abrigo, serei uma rocha”, é como se o povo estivesse escondido dentro da rocha, num lugar inatingível, os dois termos declaram que Deus é um refúgio confiável para o seu povo.

Se você está enfrentando momentos assim de tribulação, sendo afrontado quem sabe, por pessoas que não temem e não conhecem a Força do Deus que você serve. Saiba que este Deus é o mesmo dos tempos do rei Ezequias, Ele te guarda, te refugia, te que esconde nas palmas das Suas mãos. É Ele quem luta suas lutas, é Ele quem prevalece contra o teu inimigo. Ele é Varão de guerra, é Ele quem entra na luta e peleja a favor de ti. Você nunca, neste Deus, será envergonhado.

Ele é o Deus de Confiança. Nele não temeremos. E ainda que... Ainda que...! Continue a confiar. “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?... Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus”?... Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: “por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou”. (Romanos 8.31,33, 35-37)

Assim como o salmo termina “Aquietai-vos” quer dizer, literalmente: “não mexam em nada, descansem”. Nós temos o costume de mexer em tudo e dirigir nossa vida a nossa maneira, mas Deus é Deus, enquanto nós não passamos de servos. Assim como fez Ezequias, permitiu que Deus fosse Deus, façamos o mesmo. Que tomemos, por exemplo, a oração ele fez ao Senhor. “Agora, pois, ó Senhor, nosso Deus, livra-nos das suas mãos, para que todos os reinos da terra saibam que só tu és o Senhor Deus”. (2 Reis-19.19)

Há um momento certo para obedecer a Deus e agir, mas até que chegue essa hora, devemos deixa-lo trabalhar livremente, há seu tempo e a seu modo. Em outras palavras, deixe Deus ser Deus em sua vida.

Por Patrícia de Souza

Nenhum comentário: