domingo, 11 de agosto de 2013

QUANTIDADE & QUALIDADE: SERVIÇO NO REINO DE DEUS


Que todos nós lembremos destas coisas. Eis aqui uma pedra que é a causa de naufrágio espiritual de muitas pessoas. Eles bajulam a si mesmos com o pensamento de que tudo deve estar certo com as suas almas, se ao menos desempenharem uma certa quantidade de deveres religiosos. Esquecem-se de que Deus não presta atenção na quantidade, e, sim, na qualidade do nosso serviço. 

O favor divino não pode ser  comprado, conforme alguns parecem supor, pela repetição formal de um certo número de palavras, ou por justiça própria, pagando alguma quantia em dinheiro para uma instituição de caridade. 

Em que temos posto o coração? 
Estamos fazendo tudo, seja dar ou orar, “como ao Senhor, e não como a homens” (Ef 6.7)? 
Será que compreendemos o que realmente importa aos olhos do Senhor? 
Será que apenas e simplesmente desejamos agradar Àquele que “vê em secreto”, Àquele que “pesa todos os feitos na balança” (1 Sm 2.3)? 
Estaremos agindo com sinceridade? 
Com perguntas deste tipo é que deveríamos sondar diariamente as nossas almas.

_____________________________________________________
Extraído do Livro 
Meditações no Evangelho de Mateus de J. C. Ryle
Editora Fiel, pág. 37.

Nenhum comentário: